8 VANTAGENS DE PROMOVER TREINAMENTOS EM SUA EMPRESA

Um dos melhores caminhos para aumentar o engajamento dos colaboradores e alcançar metas de produtividade é promovendo alguma espécie de treinamento na empresa. Afinal, quando o empregador disponibiliza opções de capacitação está também valorizando o capital humano da organização. E sabemos que equipes que se sentem valorizadas colocam muito mais energia em suas tarefas, produzindo com mais qualidade.

Em resumo: você só tem a ganhar investindo tempo e dinheiro em cursos, treinamentos e todo tipo de atividade que agregue conhecimento voltado para o negócio.

Ainda não está convencido? Então, listei aqui oito vantagens de realizar treinamentos em uma organização. 

1. Desenvolvimento dos colaboradores

Promover treinamentos constantemente é uma forma de encorajar o colaborador a se desenvolver. Com isso, é possível suprir não só as necessidades do profissional, melhorando suas habilidades e sua autoestima, mas também as da organização.

Ter equipes qualificadas e alinhadas aos objetivos da empresa é vital para a continuidade dos negócios. Inclusive, em um momento de instabilidade e incerteza é o desenvolvimento dos colaboradores que pode dar a robustez necessária ao negócio.

2. Aumento da produtividade

Rever processos por meio de treinamentos contribui com o aumento da produtividade, já que os alinha aos planos estratégicos da empresa. Além disso, profissionais preparados e valorizados produzem com mais segurança, agilidade e qualidade.

Com uma capacitação focada no desenvolvimento de habilidades, será possível direcionar adequadamente os esforços de cada perfil de colaborador. Ou seja, todos estarão atuando em áreas de interesse e, consequentemente, os resultados serão mais sólidos.

3. Retenção de talentos

Como proporcionar o desenvolvimento é uma maneira de valorizar os profissionais, essa atitude também tem a função de reter talentos em uma organização.

Especialmente quando se trata da geração Y — já presente no mercado de trabalho —, é importante ter em mente que esses profissionais não são seduzidos apenas por altos salários e uma carreira estável.

Em outras palavras: eles são criativos, arrojados e indispensáveis para o futuro de uma organização, mas é impossível retê-los sem apresentar novos desafios e a oportunidade de ascensão profissional. Mas afinal, como os treinamentos em sua empresa ajudam a conquistá-los?

Eles preparam esses colaboradores para ocuparem posições de maior destaque e liderança, e por consequência, sinalizam a eles a perspectiva de melhores salários e realização pessoal.  Ao sentirem que têm como enfrentar desafios e crescer no próprio negócio, eles se tornam mais dispostos a permanecer por um tempo prolongado na empresa.

4. Identificação de fraquezas e fortalecimento da equipe

Com a realização de treinamentos regulares, uma empresa consegue identificar de forma mais rápida algumas de suas fraquezas. Elas podem estar presentes na estruturação de processos, na falha em atender algumas necessidades do mercado ou na ausência de determinadas competências entre os colaboradores em geral.

Identificar essas falhas precocemente permite que a empresa tome medidas para solucioná-las, fortalecendo sua equipe, além de corrigir processos e garantir o cumprimento total dos objetivos da organização.

5. Vantagem competitiva no mercado

Ficar parado no tempo é uma atitude que só prejudica o seu negócio, e certamente, esse não é o seu objetivo. Por isso, é necessário garantir que os seus colaboradores e a organização como um todo avancem continuamente, pois esse é um requisito indispensável para a competitividade no mercado.

Outro ponto importante a salientar é que ao criar oportunidades para seus funcionários agregarem conhecimento, a empresa está fomentando a inovação. E isso, em um mercado altamente competitivo, é um diferencial frente à concorrência.

Fidelizar o cliente por meio de entregas de excelência (em atendimento, produtos e serviços) só será possível se você contar com equipes competentes e preparadas para tanto.

6. Desenvolvimento da autonomia

Funcionários capacitados em programas de treinamento também se tornam altamente competentes no exercício de suas funções, sem a necessidade de supervisão e orientação constante. Ou seja: são profissionais autônomos.

Dessa forma, eles desenvolvem as habilidades necessárias para atuar de maneira independente e de forma precisa. Isso permite um maior desligamento de gerentes e diretores da área operacional. A consequência disso é um melhor aproveitamento do tempo e esforços desses gestores na atuação tática e estratégica, promovendo o crescimento da companhia.

7. Treinamento na empresa: construção de uma imagem positiva

A criação de programas de treinamento também ajuda a construir uma imagem positiva da empresa entre seus colaboradores e no mercado. Assim, quando uma marca é associada a boas condições de trabalho — onde profissionais são reconhecidos e valorizados em todos os níveis da hierarquia —, também fica muito mais fácil captar mão de obra qualificada.

Esse conceito, conhecido como employer branding, é uma das grandes tendências atuais na gestão de recursos humanos. E mais: é um dos principais aliados do empregador que deseja construir um time campeão.

Nesse sentido, por tornar os postos de trabalho da empresa desejados pelos melhores profissionais de destaque no mercado, ter um bom employer branding reduz os custos com recrutamento, seleção e rotatividade de pessoal (turnover).

8. Formação de novas lideranças para sustentar o crescimento projetado

Todo empresário deseja o crescimento da companhia. Porém, nem todos analisam o fato de que o aumento nas vendas, a conquista de novos clientes e o alcance de outros mercados vão exigir um aporte também na estrutura.

Isso significa que para atender a essa demanda ampliada, será necessário contar com uma quantidade maior de colaboradores, que deverão ser conduzidos por novos níveis gerenciais. E onde a empresa pode buscar esses líderes?

Sempre existe a possibilidade de captá-los no mercado, mas a vantagem de desenvolvê-los dentro da própria organização, já formados de acordo com a cultura organizacional, acelera muitas etapas na ambientação desses novos líderes. Além disso, faz com que eles cheguem mais rapidamente ao nível de produtividade plena. Afinal, eles:

  • já entendem e praticam os seus valores;
  • conhecem as necessidades do seu público alvo;
  • sabem como seu produto ou serviço podem atendê-lo;
  • vivenciaram o trabalho na companhia;
  • possuem perspectivas diversas;
  • sabem utilizar os diferenciais competitivos de sua empresa para conquistar os clientes.

Quem poderia ser melhor para ocupar um posto de liderança?

Como você pode perceber, investir em treinamentos em sua empresa é importante não apenas para capacitar os colaboradores e desenvolver suas habilidades, mas também para levar ao crescimento sustentável. Gerando impactos positivos que ressoam com os clientes, é fundamental planejar o processo de capacitação para que ele seja o mais assertivo possível.

Entendeu como realizar treinamento na empresa pode colocá-la à frente dos concorrentes e prepará-la para o crescimento? Então, confira também o meu artigo sobre como as palestras motivacionais são importantes para manter sua equipe produtiva!

Deixe seu comentário