Negócio campeão

Além dos atletas que estão representando o Brasil nas Olimpíadas de Londres, muitos outros já eternizaram seus nomes na história de nosso país e do mundo. Mas a carreira de atleta não é tão longa quanto outras, por isso muitos jovens aposentados do esporte tornam-se empreendedores.

A disciplina, o trabalho em equipe, a capacidade de liderança e superação são características inerentes tanto do profissional que se dedica ao esporte quanto do empreendedor.

Ronaldo, o Fenômeno, fundou a agência de marketing esportivo 9ine depois de se aposentar como jogador de futebol. Atualmente, ele gerencia a carreira de Neymar, Ganso, Anderson Silva e até do cantor Luan Santana.

O nadador Fernando Scherer, mais conhecido como Xuxa, também se tornou empresário de outros atletas, entre eles o campeão olímpico César Cielo. Além disso, sua paixão pelo esporte o motivou a abrir uma academia e a ministrar palestras de motivação.

Outro nadador que também tem talento para empreender é Gustavo Borges, formado em Economia nos EUA e dono de uma rede de academias de natação.

Raí explora seu talento como empreendedor para o bem. O jogador de futebol dirige uma entidade filantrópica dedicada a crianças carentes, a Fundação Gol de Letra, além da organização Atletas pela Cidadania, que ajuda a defender causas sociais.

Que outras lições valiosas você aprendeu com os atletas?

Deixe seu comentário