Para abrir os olhos, às vezes é preciso fechá-los

O periódico American Journal of Cardiology realizou um estudo e provou, com dados, o que muita gente já sabia – a eficácia da meditação. Segundo a pesquisa, que foi realizada por 18 anos, a meditação diminui em 49% as mortes por câncer, em 30% as decorrentes de problemas cardiovasculares e em 23% as provocadas por doenças em geral.

Durante a meditação, o corpo descansa duas vezes mais do que durante o sono, o consumo de oxigênio diminui e os batimentos cardíacos desaceleram. O que aumenta é a atividade na região frontal do cérebro, responsável pela concentração, abstração e atenção. Além disso, ela contribui para evitar que placas gordurosas se acumulem nas artérias do coração e retarda o envelhecimento.

Siga as seguintes dicas e comece a praticar. Se não conseguir logo na primeira vez, não desista!

Fonte: http://saude.abril.com.br/edicoes/0263/bem_estar/conteudo_88101.shtml

Deixe seu comentário